quarta-feira, 30 de julho de 2014

Convocação Reunião Conselho Consultivo - NOVA DATA

A Diretoria Regional dos Escoteiros do Rio Grande do Norte, convoca todos os grupos escoteiros do estado, a enviar 1 (um) representante para uma reunião geral com todos os grupos do Rio Grande do Norte para participar da reunião do conselho consultivo.
O conselho consultivo é composto pelos Presidentes de grupos escoteiros do estado, em sua ausência enviando um representante, cujo objetivo tem oferecer conselhos e orientação, atuando como uma equipe que trará novas ideias e uma fonte de recomendações para o sucesso da instituição.
A proposta é realizar uma gestão compartilhada, escutando os grupos escoteiros, para termos um escotismo potiguar cada vez melhor.
O evento irá ser realizado nos dias 02 e 03 de Agosto, com inicio as 12h00 do dia 02 (Sábado) e término as 13h00 do dia 03 (Domingo) no Complexo Educacional Henrique Castriciano em Natal/RN.
A pauta da reunião será a aplicação dos recursos do projeto escotismo nas escolas e reorganização dos distritos escoteiros. Porém, cada grupo escoteiro, distrito, poderá enviar uma sugestão de pauta, para ser debatido neste encontro. Devendo enviar para o e-mail eventos@escoteirosrn.org.br até a data 19/07/2014.
A confirmação de participação será pelo e-mail: eventos@escoteirosrn.org.br, o evento não terá taxa de inscrição, e aos que precisarem, poderão pernoitar na sede campestre do Grupo Escoteiro Henrique Castriciano, devendo também informar por e-mail caso opte pelo pernoite.

Começa hoje matrícula de selecionados no Sisutec


Enem


Os selecionados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) podem fazer a matrícula nas instituições a partir de hoje (30). O prazo vai até sexta-feira (1º). A lista dos selecionados foi divulgada ontem e pode ser acessada no site do Sisutec. O candidato deverá verificar, na instituição de ensino em que foi aprovado, o local, horário e procedimentos para a matrícula.
A segunda chamada será divulgada no dia 5 de agosto, e as matrículas estão previstas para os dias 6, 7 e 8. As vagas remanescentes serão disponibilizadas online para todos aqueles que fizeram o ensino médio, independentemente de terem feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Para esta edição do Sisutec, foram oferecidas 289.341 vagas em cursos técnicos e gratuitos em instituições públicas e particulares e do Sistema S.
Para concorrer, o candidato precisa ter concluído o ensino médio e feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado, sem tirar zero na redação. Pelas regras do Sisutec, 85% das vagas são destinadas a candidatos que cursaram o ensino médio em escolas públicas ou privadas, como bolsistas integrais.
O Sisutec foi criado no ano passado, como parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O processo seletivo ocorre duas vezes por ano.

RN registra queda de 1,19% no número de eleitores em 2014


GNews - urna eletrônica (Foto: globonews)

O Rio Grande do Norte registrou redução de 1,19% no número de eleitores que passou de 2.355.539 em 2012 para 2.327.451 em 2014. Os eleitores do RN representam 1,63% do eleitorado total do país. No Brasil são 142.822.046, sendo que 354.184 votam no exterior. O pleito deste ano, que acontece no dia 5 de outubro, elege governador e vice-governador, senador e respectivos suplentes, deputados federais, estaduais e distrital.
Dos 167 municípios do Rio Grande do Norte, 49 vão utilizar o sistema biométrico nas eleições deste ano. Em todo o país, mais de 22 milhões de eleitores serão identificados pelas digitais. No RN este número é de 1.116.495 eleitores.

De acordo com os dados divulgados pelo TSE, a maioria do eleitorado do RN é composto por mulheres (52,57%). Em relação à faixa etária, o RN tem 24,46% de eleitores entre 25 e 34 anos
e 22,56% entre 45 a 59 anos de idade.
O RN tem 69 zonas eleitorais espalhadas por todas as regiões do estado.

‘Furacão da CPI’ planeja gastar R$ 72 mi em campanha para deputada

A candidata já foi capa da revista Playboy, participou do reality show “A Fazenda” e desfilou pela escola de samba Grande Rio
deniserocha_paulomarcos
Mais conhecida com “Furacão da CPI”, a ex-assessora parlamentar Denise Rocha pretende aproveitar a fama e gastar um bom dinheiro para se eleger à Câmara Legislativa do Distrito Federal pelo DEM.
Denise informou à Justiça Eleitoral que planeja investir até R$ 72 milhões, nos próximos meses. O valor é maior do que a previsão de gastos do atual governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), que lidera a previsão de investimentos, com R$ 70 milhões. O patrimônio da candidata, porém, ainda não foi informado.
Ex-assessora do senador Ciro Nogueira (PP-PI), Denise ficou famosa após o vazamento de um vídeo íntimo na internet durante a CPI do Cachoeira.


Fonte: iG

Juiz é suspeito de vender liminares

O juiz da Primeira Vara Cível de Ceará-Mirim, José Dantas de Lira, foi afastado ontem por suspeita de venda de liminares. Segundo o Ministério Público, as sentenças concedidas objetivavam a ampliação da margem para empréstimo consignado. Mais quatro pessoas estariam envolvidas neste suposto esquema de fraude. O filho do magistrado, o advogado, José Dantas de Lira Junior; o advogado Ivan Holanda; o corretor de empréstimos, Paulo Aires Pessoa, e um servidor do  Judiciário, identificado apenas como Clístenes.

Onze equipes da Polícia Militar deram apoio ao Ministério Público na operação de busca e apreensão em Natal, Parnamirim e Ceará-Mirim 
Onze equipes da Polícia Militar deram apoio ao Ministério Público na operação de busca e apreensão em Natal, Parnamirim e Ceará-Mirim

Na manhã de ontem,  promotores do Ministério Público do Rio Grande no Norte, através do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, com a apoio da Polícia Militar, cumpriram mandados de busca e apreensão nas residências e locais de trabalho dos envolvidos, em três municípios: Ceará-Mirim, Natal e Parnamirim. Documentos, computadores, pendrives, cds, foram os objetos apreendidos. Os mandados foram autorizados pelo desembargador Cláudio Santos, que já tinha uma investigação em curso sobre o caso. O MP contou com a delação de um dos agenciadores envolvidos como elemento essencial para  deflagração dos mandados.
“É um esquema de decisões liminares judiciais em que há um pedido de gratificação”, definiu o procurador geral de justiça, Rinaldo Reis, em coletiva de imprensa concedida na tarde de ontem. De acordo com informações apurada pelo MP, o esquema ocorria há mais de quatro anos. “Tínhamos informações, mas precisava de algo substancial para proceder as diligências. Sem a delação não conseguiria a permissão para busca e apreensão”.

De acordo com o procurador,  o grupo procurava por servidores, principalmente do Estado, com dificuldades financeiras e impossibilitados de empréstimo, por falta de margem no crédito consignado. A busca era feita nas próprias repartições públicas – municipais e estaduais. No caso, eles orientavam às pessoas a entrarem com pedido na Justiça, na Comarca de Ceará-Mirim, com a garantia da liberação.

Rinaldo acrescenta que os pedidos feitos ao juiz eram sempre instruídos com documentos falsos de residência. “Para simular que aquela pessoa que estava entrando na justiça com pedido de liminar era residente em Ceará-Mirim, para que não se contestasse a competência do juiz em julgar o caso”, explica. Concedida a sentença, e feito o empréstimo, o  grupo recebia gratificações variantes de R$ 3 a 7 mil, que eram divididos entre os participantes, “inclusive chegando até o juiz”, disse Rinaldo Reis.

Na divisão de responsabilidades, o filho do magistrado  liderava e organizava o esquema. O advogado Ivan Holanda Pereira, entrava em contato com outros advogados que elaboravam os pedidos judiciais – não se tem confirmação se eles tinham conhecimento da fraude. O corretor de empréstimos intermediava a operação bancárias, em instituições diferenciadas, e era um dos que iam até às repartições.

Com a confirmação das suspeitas o Ministério Público irá instaurar uma denúncia a ser avaliada e julgada no âmbito do Tribunal de Justiça. O procurador espera ter essa conclusão em menos de trinta dias. Em princípio, o grupo pode ser enquadrado em crime de corrupção, formação de quadrilha,  falsidade ideológica, e possível lavagem de dinheiro.

A TRIBUNA DO NORTE procurou pelo Tribunal de Justiça do RN, no entanto, por informações da assessoria de imprensa. O órgão não vai se pronunciar sobre o caso. De mesma maneira, o magistrado e seu filho também não foram encontrados, por telefone, para declarações.

O esquema

Juiz José Dantas de Lira
Suspeito de assinar as ordens judiciais.

Advogado José Dantas Junior, filho do juiz
suspeito de trabalhar na organização e liderança do esquema fraudulento.

Advogado, Ivan Holanda Pereira e Corretor de Empréstimo, Paulo Aires Pessoa
suspeitos de agenciar as decisões judiciais

Ivan Holanda Pereira
teria contato com outros advogados que  elaboravam as petições

Paulo Aires Pessoa
agenciaria  empréstimos, recebia a gratificação e dividia entre os integrantes.

Esse dois últimos iam às repartições públicas, normalmente do Estado, buscando pessoas com dificuldades para efetivar empréstimo consignado

terça-feira, 29 de julho de 2014

Escoteiros do Brasil abrem processo para seleção de representante no CONJUVE

Escoteiros do Brasil abrem processo para seleção de representante no CONJUVE
Os Escoteiros do Brasil ocuparão, por mais um mandato, uma cadeira no Conselho Nacional da Juventude– CONJUVE.

Para selecionar um representante a Diretoria Nacional abriu um processo, recebendo as inscrições de interessados entre os dias 25 de julho e 31 de julho do corrente ano, de acordo com as regras estabelecidas no documento específico.

Processo Seletivo Conjuve 2014 versão 1.pdf

TRE disponibiliza nome das pessoas que integram Juntas Eleitorais no RN

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte disponibilizou nesta segunda-feira (28) o nome das pessoas que irão compor as Juntas Eleitorais. A relação completa está disponível no site do TRE/RN. A partir desta segunda, também estão disponíveis os títulos dos eleitores que pediram inscrição ou transferência de domicílio eleitoral. O eleitor deve buscar o documento no cartório mais próximo da residência.
As juntas eleitorais são órgãos colegiados provisórios constituídos por dois ou quatro cidadãos e um juiz de direito, que o presidirá e poderá nomear auxiliares extras para os trabalhos. Os nomes das pessoas indicadas para compor as juntas são publicados em tempo hábil para que qualquer partido político possa pedir a impugnação das indicações.

Com a composição anunciada até 60 dias antes das eleições pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), as Juntas Eleitorais têm a obrigação de apurar, em até dez dias, as eleições feitas nas zonas eleitorais sob sua jurisdição, expedir os boletins de apuração e diplomar os eleitos para cargos municipais.