quarta-feira, 23 de abril de 2014

“Dia do Escoteiro” é comemorado por mais de 40 milhões de pessoas

Existem times de futebol que reúnem milhões de torcedores que os acompanham em cada partida, onde quer que estejam. No Escotismo, a paixão também é tão grande que já são mais de 40 milhões de escoteiros ao redor do mundo, não só torcendo, mas dentro de campo fazendo o melhor possível para construir um mundo cada vez melhor. É por essa dedicação voluntária que eles ganharam um dia só pra eles: 23 de abril.

Neste ano, os Escoteiros do Brasil farão uma homenagem a seus associados pelos canais de comunicação da instituição, realizando campanhas de engajamento, para incentivar que os praticantes do Escotismo compartilhem um pouco de suas rotinas como escoteiros. Todos deverão postar uma “selfie” (auto retrato tirado de uma câmera digital ou celular), mostrando a alegria de ser escoteiro no Facebook utilizando a hashtag #diaescoteiro. Também serão realizadas atividades comemorativas e de reflexão de norte a sul do País.

Mais que um dia de festas, 23 de abril é uma oportunidade dos escoteiros meditarem a respeito da Lei e da Promessa Escoteira – a primeira, conceitos para a formação de pessoas que incorporam bons valores, para que, desta forma, o jovem escoteiro tivesse onde se espelhar e pudesse se orientar. Já a Promessa Escoteira sintetiza o embasamento moral do Movimento Escoteiro. Baden-Powell, fundador do Escotismo, escolheu esta data por ver na figura de “São Jorge” a referência aos Cavaleiros da Idade Média - fazendo analogia de suas qualidades com o que se espera dos escoteiros.

Os Escoteiros do Brasil parabenizam todos os escoteiros por essa data tão especial, em que podemos recordar dos mais de 40 milhões voluntários que lutam dia após dia  com muita alegria e dedicação, para construir um mundo cada vez melhor.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Escoteiros de Caicó participam de projeto ambiental

A educação ambiental é fundamental na vida da população e de nossos jovens, por isso  a Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Caicó entrou em parceria com os Grupos Escoteiros Caiacós e Valle Sobrinho no projeto "Recuperação de Áreas Degradas do Açude do Recreio” em Caicó-RN.
O trabalho citado teve início no dia 12 de abril de 2014 objetivando o plantio de 21 mudas de diversas espécies nativas como, Craibeira (Tabebuia aurea) e Mulungu (Erythrina mulungu) na área de proteção ambiental (APP). O projeto consiste em 4 etapas: 1ª: Palestra de educação ambiental com Ruam Chianca; 2ª: Visitação no Horto a fim de conhecer as espécies nativas da Caatinga; 3ª: Fazer a plantação em área degradada; 4ª: Monitoramento das mudas individualmente, seu desenvolvimento e crescimento, perdas e danos.

 Ao final da execução, cada patrulha ficará responsável por uma muda. Devido suas características, a ideia também pode ser usada para os jovens alcançarem a Insígnia Mundial do Meio Ambiente. Segundo Emmanuel Sabino, secretário adjunto do Meio Ambiente e também escotista da tropa escoteira do Grupo Escoteiro Caiacós, essa ideia está transformando a forma de pensar dos jovens assim como da população  do entorno do açude do bairro do Recreio.

terça-feira, 15 de abril de 2014

Escoteiros do RN participam de reunião com Tribunal de Contas do Estado


Nesta segunda-feira (14/04), os Escoteiros do Rio Grande do Norte estiveram reunidos com representantes do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte, para debater e planejar cursos na área de Controle Social. A expectativa é que possamos fortalecer o controle social, estimulando a participação das crianças, adolescentes e jovens de escolas públicas, privadas e comunidades beneficiadas pelo escotismo.
Estes cursos são atividades que se encontram dentro do acordo de cooperação realizado entre os Escoteiros do Rio Grande do Norte e o Tribunal de Contas do Estado. Termo este que teve origem em um projeto criado em consonância com a disciplina de educação fiscal, com palestras sobre o papel da Ouvidoria do Tribunal de Contas, a Lei de Acesso à Informação, orçamento público e controle social entre outras.
Já foram realizados cursos em Natal e no Sérido, e o planejamento é atender o maior número de áreas possíveis. Para o diretor Presidente Ivan Alves do Nascimento, a meta é que as informações cheguem a todos os escoteiros do Estado. Serão cerca de oito mil escoteiros auxiliando o TCE no controle social do orçamento público. O trabalho será executado em parceria com as escolas.
Já a coordenadora da Escola de Contas Marlusia Saldanha, enfatiza que: “Trata-se de um projeto pioneiro no Tribunal de Contas, que deverá trazer um resultado social de muita relevância.”.
Participou da reunião representando os Escoteiros do Rio Grande do Norte, o Diretor de Relações Institucionais, Bráulio Andre e o Diretor de Comunicação, Pedro Henrique. Que estarão acompanhando o projeto e auxiliando os grupos escoteiros nas eventuais dúvidas.
Leia mais sobre o assunto:

24-10-2013 - Escoteiros e TCE apresentam Projeto Cidadania Responsável na região do Seridó

24-05-2013 - Escoteiros e TCE concluem 1ª etapa do curso Controle Social e Cidadania

22-05-2013 - TCE e Escoteiros promovem curso para fiscalização de gastos públicos

24-04-2012 - UEB RN assina Termo de Cooperação com Tribunal de Contas do Estado



Olimpíadas Escoteiras de Pureza 2014



A cidade de Pureza sediou recentemente a IV Olimpíadas Escoteiras que reuniu delegações de oito cidades do interior do Rio Grande do Norte. A organização do evento foi do grupo anfitrião Nossa Senhora da Pureza – 36.
Participaram da olimpíadas as cidades de São Miguel do Gostoso, Lajes Pintada, Natal, Monte Alegre, Santa Cruz, Galinhos e Guamaré (GESP-29/RN). A solenidade de abertura aconteceu na Praça 12 de abril com a presença da prefeita Maria do Sindicato e demais convidados.
A primeira colocação ficou com o grupo Lobos do Mar da cidade de São Miguel do Gostoso, em segundo lugar ficou a cidade de Pureza e terceiro Monte Alegre.  Para o presidente do grupo de Pureza, Fabiano Silva, o evento transcorreu dentro do combinado.  Fabiano entende que o escotismo precisa ser mais valorizado, principalmente pela mídia.