segunda-feira, 30 de março de 2015

Governo decreta calamidade em 153 municípios do RN por causa da seca

Açude Dourado, em Currais Novos, deve secar nos próximos dias (Foto: Fred Carvalho/G1) 
O governo do Rio Grande do Norte decretou calamidade pública em 153 municípios potiguares por causa da seca. O decreto foi publicado no Diário Oficial de sábado (28) e tem validade de 180 dias. Segundo o documento, as chuvas ocorridas no segundo semestre de 2014 e neste início de 2015 no RN foram insuficientes para a formação de estoques de água potável nos reservatórios que atendem parte da zona rural.

De acordo com a publicação, para decretar calamidade o governo considerou a previsão da Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn) de chuvas abaixo da média histórica para 2015 e ainda que os prejuízos financeiros ocasionados pela escassez hídrica verificada no ano de 2014, em todo o território do estado do Rio Grande do Norte, chegam a R$ 3.8 bilhões de reais.

Ainda segundo informações do governo, dos 167 municípios do estado, 120 são abastecidos por carros-pipa atualmente, o que corresponde a 260 mil pessoas abastecidas por carros-pipa.

O decreto permite que os municípios contratem com dispensa de licitação "as obras e os serviços que se mostrarem aptos a mitigar as consequências provocadas pela estiagem".

Dentre os municípios incluídos no decreto estão Mossoró, Apodi, Nova Cruz, Currais Novos, Caicó e São Miguel do Gostoso. Confira aqui todos os municípios incluídos no decreto.

Polícia identifica líder de quadrilha morta em Currais Novos e outros presos na operação

hefesto

Portal BO – A Polícia Civil apresentou, na manhã desta segunda-feira (30), mais detalhes da Operação Hefesto, que resultou na morte de sete suspeitos de assaltos, no início da manhã deste domingo (29), em Currais Novos. Além dos sete mortos, dois homens foram presos e, de acordo com a polícia, outros 10 são identificados.

De acordo com informações da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado, o líder da quadrilha é Isaias Leandro Lopes, conhecido como Gordo Isaias. Ele foi um dos mortos no confronto com os policiais civis da Deicor e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE). Além dele, outro morto identificado pela polícia foi João Batista Nunes da Silva. Os outros cinco mortos ainda não tiveram os nomes divulgados pela polícia, pois não foram identificados oficialmente.

Durante as investigações da Operação Hefesto, os policiais civis da Deicor prenderam também, em Natal, um jovem identificado como Kleiton Carrol Gomes de Albuquerque. Em Currais Novos, durante a operação que resultou nas sete mortes, o taxista João Maria da Rocha, vulgo Catatau, também havia sido preso apontado como integrante da quadrilha.

quinta-feira, 26 de março de 2015

Escoteiros do Brasil lançam campanha de auxílio aos refugiados da Ucrânia

Escoteiros do Brasil lançam campanha de auxílio aos refugiados da Ucrânia

Access the news in English

Os recentes conflitos que atingem o leste da Ucrânia deixam, a cada dia, centenas de refugiados, ameaçam a democracia de uma sociedade e causam sofrimento a pessoas inocentes. O conflito entre ucranianos e russos ameaça mais de 5 milhões de pessoas, em uma região que já tem mais de dois milhões de refugiados.
Como escoteiros, prometemos sempre ajudar o próximo, almejando pela paz entre as diferentes nações – e é isso que nos motiva a fazer o que estiver ao nosso alcance para ajudar os desabrigados na Ucrânia. Independentemente das ideologias políticas, defendemos a democracia e a resolução pacífica das divergências.
Hoje, mais de 500 mil ucranianos e descendentes moram no Brasil. Mesmo longe de seu país de origem, preservam seus costumes, que se misturam com os nossos e enriquecem ainda mais nossa cultura.
Por esse motivo, e solidarizados pela triste situação que atinge o leste europeu, os Escoteiros do Brasil, em conjunto com o Consulado da Ucrânia e a Representação Central Ucraniano-Brasileira, lançam a campanha “Escoteiros pela Ucrânia”, que tem como objetivo arrecadar doações para ajudar os milhares de refugiados.
Esperamos ver o espírito de união e solidariedade escoteira mobilizar nossa sociedade, em prol da democracia e dos direitos de milhares de famílias.
Como participar
As doações podem ser feitas por qualquer pessoa, no Brasil pelo PagSeguro e no exterior pelo PayPal, sendo totalmente revertidas para o auxílio às vítimas. Com o nosso acompanhamento, a Associação dos Escoteiros da Ucrânia e a Oficina Regional da Eurásia farão o direcionamento das doações observando as necessidades locais.
Associados e não associados que realizarem doações acima de R$ 15 receberão produtos da campanha como forma de agradecimento. Confira a tabela abaixo e realize sua doação:
Doe - ganhe
R$ 15 – dois adesivos
R$ 30 – 2 adesivos / 2 distintivos
R$ 50 – 4 adesivos / 4 distintivos
Acima de R$ 100 - 4 adesivos / 4 distintivos e um diploma de agradecimento dos Escoteiros do Brasil e Associação Escoteira da Ucrânia
Depois de efetuar a doação, é necessário enviar um e-mail com seu nome completo, endereço e telefone para campanha@escoteiros.org.br para que possamos agradecê-lo com itens da campanha.
Compra de Distintivos na LEN
Os associados dos Escoteiros do Brasil que comprarem o distintivo e/ou adesivo dos “Escoteiros pela Ucrânia” pela Loja Escoteira Nacional também estarão participando dessa iniciativa, que reverterá todo o lucro da venda dos produtos para a campanha. O distintivo poderá ser usado no uniforme até abril de 2016.Compra do adesivo e distintivos pela Loja Escoteira Nacional a partir do dia 17 de abril de 2015.

Humorista “Zé Bonitinho” morre ao 89 anos no Rio


zebonitinho 
O ator Jorge Loredo, o Zé Bonitinho, de 89 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (26), segundo informações da GloboNews. Ele estava internado no Hospital São Lucas, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, desde o dia 3 de fevereiro na Unidade de Terapia Intensiva.

Em nota, a assessoria de imprensa do hospital informou que Loredo estava internado no hospital desde o dia 3 de fevereiro e que a partir do dia 13 foi mantido na Unidade Cardio Intensiva. “Loredo lutava há anos contra uma Doença Pulmunar Obstrutiva Crônica (DPOC) grave e um Efisema Pulmunar”, disse o texto. A causa da morte foi falência múltipla dos órgãos.
Apesar da idade, até dois anos atrás o humorista continuava trabalhando e usando as redes sociais para falar com os fãs e divulgar sua agenda de shows. “Zé Bonitinho”, o perigote das mulheres, como o personagem de Loredo se apresentava nos esquetes de humorísticos, fez parte do enredo “Beleza pura?” da escola de samba União da Ilha, que teve como enredo a beleza em suas várias interpretações. “Zé Bonitinho” se achava um galã irresistível, sempre ajeitando a cabeleira com um pente enorme, tão grande quanto seus óculos escuros.

Banda Grafith e Cavaleiros do Forró estão proibidas de contratos com o poder público

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Durante entrevista coletiva nesta segunda-feira, o Procurador-Geral Adjunto do Ministério Público do Rio Grande do Norte, Jovino Pereira, disse que, além da prisão do ex-prefeito de Macau, Flávio Veras, e do afastamento do atual chefe de gabinete da Prefeitura, Francisco Guimarães, as investigações da Operação Máscara Negra resultaram na proibição das empresas envolvidas de serem contratadas pelo poder público.

Segundo Jovino, Flávio foi preso por agir como mentor, em reiteradas práticas de crimes como peculato, desvio de verbas públicas e ausência de licitação na contratação de bandas para eventos como o carnaval.

Para o MP, Veras continuou, até hoje, cuidando dessas contratações.
Para o MP, apesar de afastado o ex-prefeito continuou com a mesma influência para praticar os crimes contra a administração pública.

Os promotores presentes revelaram a existência de um empresário local atuando como laranja de Flávio Veras.

“As acusações de agora são todas relativas ao Carnaval de 2011, com uma cifra de R$ 1,515 milhão. No entanto, as investigações sobre a realização de outras festas promovidas em Macau continuam sendo investigadas”, explicou a promotora de Macau, Isabel Menezes.

As investigações do MPRN também se estendem aos eventos promovidos na cidade de Guamaré

Estão proibidas de se apresentar em eventos pagos com dinheiro público os grupos musicais Cavaleiros do Forró, Deixe de Brincadeira, Forró da Pegação, Banda Grafith. Esse grupos musicais estão impedidos de participar de procedimento licitatório e firmar contrato com pessoa jurídica de direito público, sendo tal medida informada especialmente ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Municípios de Macau e Guamaré.

E as pessoas envolvidas, como Francisco Gaspar da Silva Paraíba Cabral, estão proibidas de entrarem na Prefeitura de Macau.

Comunidades rurais ficam ilhadas após sangria de açude no RN


Açude Pataxó sangrou com chuvas da última semana em Ipanguaçu, no RN (Foto: Alípio Lopes/Prefeitura de Ipanguaçu)

A vazão do açude Pataxó, localizado no município de Ipanguaçux, região Oeste do Rio Grande do Norte, deixou sete comunidades rurais próximas ao município ilhadas. A cheia nas regiões adjacentes as comunidades rurais deixou pontes submersas e impossibilitou o acesso de veículos as regiões.

Nas comunidades de São Miguel, Cuó, Luzeiro, Picada, Lagoa de Pedra, Itu e Porto, o acesso só é possível por meio de canoas disponibilizadas pela própria prefeitura. A Escola Municipal Nestor Borges Pinheiro, localizada na comunidade de Picada e que atende também Lagoa de Pedra, Itu e Porto, cancelou as aulas porque a ponte de acesso às comunidades está submersa.

Segundo o coordenador de Proteção e Defesa Civil do município, Gelino Rodriguês dos Santos não há necessidade de as pessoas deixarem suas casas. “o momento ainda é de acompanhamento. Não há necessidade das pessoas deixem suas casas. A equipe da Defesa Civil está atenta a todos os pontos de riscos e monitorando o volume de água que sai do açude e passa pelo leito do rio”, disse o secretário.

Apesar disto, um plano de contingência foi estabelecido para o caso de novas chuvas agravarem a situação de isolamento das comunidades. Membros da Defesa Civil mapearam as áreas mais vulneráveis e organizaram planos de ação para o caso de abrigar as comunidades caso a situação chegue a níveis mais críticos.

De acordo com dados da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec), que monitora o açude Pataxó, a lâmina de água diminuiu de 50 centímetros para 16 centímetros em um dia.

Fonte: G1 RN

terça-feira, 17 de março de 2015

Escoteiros do Brasil e PB Kids doam brinquedos para crianças da Apae

Campanha “Compartilhe Sorrisos” incentivou a doação de brinquedos para crianças da Apae de Curitiba

Escoteiros do Brasil e PB Kids doam brinquedos para crianças da Apae

Embora o Natal já tenha passado, nunca é tarde para fazer uma criança sorrir. Um grupo de jovens dos Escoteiros do Brasil lançou, em novembro de 2014, a campanha nacional “Compartilhe Sorrisos”, incentivando que os mais de 1,2 mil grupos escoteiros do país arrecadassem brinquedos para doar para crianças de toda a rede Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais). A iniciativa ocorreu com foco na celebração do Natal, mas uma doação semana passada retomou essa ação.

A loja PBKids, do Park Shopping Barigui, abraçou a campanha e realizou a entrega de mais de R$ 5 mil em brinquedos para crianças de zero a sete anos da Apae da Rua Ângelo Sampaio, em Curitiba. Os Escoteiros do Paraná acompanharam o momento da doação, que aconteceu na última sexta-feira (13/03), levando alegria e muita brincadeira para a criançada.

Em dezembro, a campanha mobilizou grupos escoteiros em todo o País, que trabalharam junto a suas comunidades para proporcionar um Natal ainda mais alegre para as crianças.