sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Motociclista morre na BR-406 após colidir de frente com caminhão no RN

Renne Silva Barbosa morreu na hora (Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi)
Um motociclista de 31 anos morreu após colidir frontalmente com um caminhão na noite desta quint-feira (23) na BR-406, no município de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a vítima foi identificada como Renne Silva Barbosa e trabalhava em uma empresa que presta serviços ao Aeroporto Internacional Aluízio Alves, que fica no município.
De acordo com a PRF, o acidente aconteceu no sentido Ceará-Mirim/São Gonçalo do Amarante, em um trecho da via que passa por duplicação. Renne estava com o fardamento do trabalho e trafegava na contramão quando foi atingido pelo caminhão. O homem não resistiu e morreu na hora.
Ainda segundo a PRF, o motorista do caminhão realizou o teste do bafômetro, que não constatou o consumo de álcool. Assim, ele deve responder o processo em liberdade.
O corpo de Renne foi encaminhado para a sede do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep-RN), localizado no bairro da Ribeira, em Natal.

Aécio e Dilma terão último embate antes da eleição

A noite desta sexta-feira (24) reserva cenas do último capítulo da eleição mais disputada dos últimos anos 24 anos no Brasil. Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) participam de debate na TV Globo e discutirão ideias entre si e também responderão aos questionamentos dos internautas. Há um acordo de "trégua" nas propagandas e nos debates, mas a tendência é que os ataques pessoais voltem a ocupar parte da discussão.

Aécio Neves e Dilma Rousseff se enfrentam em último debate antes da eleiçãoAécio Neves e Dilma Rousseff se enfrentam em último debate antes da eleição

Para o debate da noite de hoje, a programação prevê 1h50 de embates, divididos em quatro blocos. No primeiro e no terceiro, Aécio Neves e Dilma Rousseff, que aparece em vantagem na última pesquisa do Ibope, se enfrentarão diretamente, respondendo questionamentos dos adversários sobre temas livres. Já nos segundo e quarto blocos, os candidatos responderão a questionamentos de eleitores indecisos, mas haverá a oportunidade de comentários por parte dos adversários.

Ao todo, oito perguntas de eleitores indecisos de todo o país serão selecionadas pela Globo e respondidas pelos candidatos. Eles, no entanto, ainda não têm conhecimento sobre o conteúdo dos questionamentos, que serão feitos pelos próprios eleitores no estúdio da emissora durante o debate, em cenário no formato de arena.

O debate está previsto para começar às 21h10, no horário de Natal, e será transmitido ao vivo pela Rede Globo.

O Globo destaca que aumenta judicialização na disputa pelo governo do RN

henrique robinson contas

Os candidatos ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte, além da disputa nas urnas, travam uma guerra no Judiciário. Em pouco mais de duas semanas, desde o início do segundo turno no dia 6 de outubro, as assessorias jurídicas de Henrique Eduardo Alves, do PMDB, e Robinson Faria, do PSD, impetraram 76 processos no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN). No período, foram protocoladas 4,4 peças jurídicas por dia, em média.

A judicialização da disputa eleitoral chama atenção, no Rio Grande do Norte, pela significativo aumento registrado quando comparadas as Eleições de 2010 com o pleito deste ano. O percentual de processos cresceu 157%, saindo de 79 processos, há quatro anos, para 203 protocolados até esta quinta-feira quando, às 09h40 (horário local), o TRE-RN registrava 194 pedidos de direito de resposta e, no final da tarde, o número tinha subido para 203. O número, porém, é referente somente aos casos que envolvem o requerimento de direito de resposta em desfavor de cada oponente. De acordo com a assessoria de imprensa do TRE-RN, o quantitativo global de processos referentes às Eleições 2014 é muito superior, pois envolve, dentre outras naturezas, as peças jurídicas relacionadas à propaganda dos candidatos, ao acúmulo de santinhos deixados em via pública, dentre outros casos.

O presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves, somente neste segundo turno, entrou com 39 processos contra o concorrente. Robinson Faria, do PSD, ingressou com 31 ações em desfavor do peemedebista, com quem polariza a disputa desde o início e abriu vantagem nesta reta final, conforme pesquisa Ibope publicada semana passada. O atual vice-governador do Estado, Robinson Faria, também processou dois veículos de Comunicação. Os jornais impressos, Tribuna do Norte e Novo Jornal, que circulam no Rio Grande do Norte, tiveram que publicar ‘Direito de Resposta’ em favor do candidato do PSD.
Faria, nos processos abertos contra os jornais, alegou a veiculação de informações inverídicas a ele relacionadas. Pelo mesmo motivo, o juiz eleitoral Cícero Macedo condenou Henrique Eduardo Alves com a perda de um minuto e 32 segundos no seu programa eleitoral.  A maciça maioria dos pedidos de direito de resposta envolve a suposta prática dos crimes de calúnia, injúria e difamação. Das mais de duas centenas de processos analisados pelos juízes eleitorais, menos de uma dezena teve decisão favorável ao impetrante.

Justiça do RN determina convocação de 824 aprovados em concurso da PM


Os aprovados terão direito de fazer a 3ª fase do concurso da PM do RN (Foto: Felipe Gibson/G1)
A Justiça do Rio Grande do Norte determinou nesta quinta-feira (23) a convocação de 824 aprovados no concurso da Polícia Militar realizado em 2005. A decisão do juiz Cícero Martins de Macedo Filho, da 4ª Vara da Fazenda Pública, dá direito aos candidatos a participar do curso de formação de soldado, correspondente à terceira fase do concurso. A sentença é proveniente de uma ação da Associação dos Praças da Polícia Militar (Aspra).

Na sentença, o juiz enfatiza que "a segurança pública, dever do Estado e responsabilidade de todos, precisa ser melhorada no Estado do Rio Grande do Norte, e o ingresso dos 824 candidatos que estão aptos a participar das demais fases do concurso sem dúvida será um grande reforço".

Os aprovados no concurso chegaram a formar um movimento chamado '824 Convocados PM/RN' para cobrar a continuidade do concurso. "A primeira fase aconteceu em 2005 e só em 2010 foi dada sequência com a segunda fase. Após a mudança de governo, o concurso foi paralisado sem explicação", afirma Iramar Félix, um dos integrantes do movimento.

"Não se pode fazer um concurso sem recurso. O caminho teve que ser a Justiça", acrescenta Aldair da Silva, também do movimento '824 Convocados PM/RN'.

Henrique e Robinson participam de debate na Inter TV Cabugi

 
Os candidatos ao governo do Rio Grande do Norte, Henrique Eduardo Alves (PMDB) e Robinson Faria (PSD), participaram de debate realizado pela Inter TV Cabugi, afiliada da Rede Globo, na noite desta quinta-feira (23) em Natal. No encontro, foram abordados temas como segurança pública, programas habitacionais, atuação política dos candidatos, finanças do estado e investimentos nas regiões do Rio Grande do Norte.

Dividido em três blocos, o debate foi mediado pelo jornalista Ari Peixoto. Os candidatos fizeram perguntas entre si em dois blocos seguidos sobre temas livres e sorteados. No terceiro bloco, cada candidato fez suas considerações finais.

Por sorteio, Robinson Faria foi o primeiro a fazer suas considerações finais. Ele disse que “há alguns meses era o candidato que a classe política subestimava, sem perspectiva de ser candidato. Mas sou homem de muita fé. Nossa caminhada foi de coragem, resistência e ousadia. No passado o Brasil venceu o medo. A resistência agora vai vencer a arrogância e a política velha. Venceremos no domingo".

Henrique Eduardo Alves, nas considerações finais, relembrou o início da carreira política, aos 21 anos, e falou sobre suas realizações como deputado federal, cargo que exerceu por 44 anos. "Não sei onde outros estavam, mas eu estava enfrentando a Ditadura Militar. Na minha caminhada todos esses anos fiz com que todo município do estado tivesse seu representante no legislativo, independente de partido ou interesse. Temos que lutar com equilíbrio para achar as parcerias e fazer o Rio Grande do Norte achar seu caminho".

Mediador do debate, o jornalista Ari Peixoto elogiou o nível do debate e disse esperar que o encontro contribua para a escolha dos eleitores no próximo domingo. "Não esperava nada diferente. Os candidatos expuseram suias ideias e isso é importante para o eleitor decidir. Minha expectativa se cumpriu", afirmou.

Debate do segundo turno na Inter TV Cabugi (Foto: Canindé Soares/G1)

A ordem em que os candidatos farão perguntas foi sorteada com a presença de representantes de todos os partidos. O debate foi composto três blocos. Nos dois primeiros blocos, cada candidato terá direito a fazer duas perguntas de tema livre e duas perguntas de tema determinado. O terceiro bloco foi para as considerações finais de cada candidato.

Os candidatos tiveram trinta segundos para fazer as perguntas e um minuto e meio para as respostas. A réplica e a tréplica tiveram limites de um minuto. As considerações finais foram feitas em dois minutos e meio cada.

Fonte: Do G1 RN

TRE determina Lei Seca de 6h às 18h no segundo turno da eleição no RN

Lei obriga exibição de fotos de acidentes em rótulos de bebidas alcoólicas, em Goiânia, Goiás (Foto: Luísa Gomes/G1)

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte determinou a suspensão da venda de bebidas alcoólicas em locais públicos entre 6h e 18h do próximo domingo (26).

A portaria é assinada pelo presidente do TRE-RN, desembargador Virgílio Macêdo Júnior, e por membros da Corregedoria e Produradoria Regional Eleitoral.

Na publicação, o TRE-RN considera que "o voto consciente deve prevalecer em prol do fortalecimento do processo democrático, que não se coaduna com a ingestão, ainda que moderada, de bebidas alcoólicas, sabidamente capaz de afetar a capacidade de discernimento do ser humano".

De acordo com o tribunal, a medida restritiva de venda e consumo de bebidas alcoólicas tem mostrado eficácia esperada para a boa ordem do processo eleitoral nos pleitos anteriores no sentido de reduzir o número de ocorrências formalizadas e distúrbios nos locais de votação.

A medida vale para bares, restaurantes, supermercados e outros estabelecimentos similares em todo o Rio Grande do Norte.

Fonte: Do G1 RN

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Calendário eleitoral: termina prazo para a realização de comícios

Amanhã (24), irão ao ar as últimas propagandas eleitorais gratuitas no rádio e na televisão.

Hoje (23) é o prazo final para que candidatos que ainda estão na disputa eleitoral no segundo turno possam promover reuniões públicas ou comícios. A regra está prevista no Código Eleitoral e na Lei nº 9.504/97, conhecida também como Lei das Eleições.

Amanhã (24), irão ao ar as últimas propagandas eleitorais gratuitas no rádio e na televisão. Esse também é o prazo final para a divulgação paga de propaganda eleitoral na imprensa escrita e para a realização de debates, que não devem ultrapassar a meia-noite. Os presidentes das mesas também devem comunicar até esta sexta-feira que não receberam o material destinado à votação.

As propagandas feitas com alto-falantes ou amplificadores de som estão permitidas até sábado (25), véspera da votação, entre as 8h e as 22h. A distribuição de material gráfico, a realização de caminhadas, passeatas e carreatas, além da divulgação de jingles ou mensagens dos candidatos por carros de som podem ser feitas também até as 22h.

No segundo turno das eleições, previsto para o próximo domingo (26), 143 milhões de eleitores elegerão o presidente da República e os governadores de 13 estados e do Distrito Federal. Apesar do horário de verão nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, a votação será feita das 8h às 17h, obedecendo o horário local.

Com o horário de verão, o Acre passou a ter três horas a menos em relação ao horário de Brasília. Por isso, a divulgação dos números das eleições para presidente da República começará às 20h de Brasília. Os resultados para governador nos 13 estados e no DF serão conhecidos logo após o encerramento da votação.